Notícias

GCCO E PRF

Ação conjunta resulta na apreensão de 2,1 toneladas de defensivos contrabandeados em Tangará da Serra

12/11/2021 - 11:41
Defensivos foram apreendidos em uma chácara, entre eles o benzoato, de comercialização proibida no Brasil

Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Uma ação conjunta da Polícia Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado e a Polícia Rodoviária Federal, apreendeu nesta quinta-feira (11.11) duas toneladas de defensivos agrícolas contrabandeados em Tangará da Serra.

Três suspeitos foram presos em flagrante e vão responder por associação criminosa, contrabando, uso de documento falso, falsidade ideológica, crime ambiental e crime da legislação aplicada a uso de agrotóxicos.

De acordo com o delegado titular da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, a carga está avaliada em R$ 3 milhões. Foram apreendidos diversos tipos de defensivos, entre eles, o benzoato, que totalizou 800 quilos e tem comercialização proibida no Brasil.

A GCCO recebeu informações de que a carga de defensivos havia chegado a Tangará da Serra, que estavam camuflados em embalagens de adubo foliar.

Após diligências, as equipes da GCCO e da Polícia Rodoviária Federal avistaram uma camionete Strada branca carregada com sacos de adubos que descarregou os produtos em uma chácara e saiu, retornando carregada.

Foram feitas quatro viagens transportando e descarregando os sacos, quando então os policiais civis e rodoviários abordaram dois suspeitos que estavam na chácara e constatado que os produtos se tratavam de defensivos e não de adubos, como mostrava a embalagem.

Em um galpão na propriedade, os policiais encontraram mais outras quantidades de benzoato, além dos ensacados em embalagens de adubo foliar, e ainda sacos de um defensivo de origem paraguaia, 'Tiamexam'.

Os suspeitos não conseguiram explicar a origem da carga e apresentaram uma nota fiscal como sendo de adubo foliar, contudo, no documento não constava o nome de nenhum dos detidos.

A nota estava em nome de uma empresa de Tangará da Serra que comercializa produtos agrícolas na região. Os policiais seguiram até a empresa, onde localizou o proprietário, que também foi conduzido em flagrante para a GCCO. 

 

 

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia