Notícias

GCCO E DELEGACIA DE POCONÉ

Suspeitos envolvidos em roubo de fazenda em Poconé são presos durante operação contra organizações criminosas

22/10/2021 - 14:20
O roubo ocorreu no dia 16 de outubro, ocasião em que criminosos fizeram funcionários da fazenda reféns

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um roubo com emprego de arma de fogo e cárcere privado das vítimas ocorrido em Poconé (104 km ao sul de Cuiabá) foi esclarecido pela Polícia Civil, na quinta-feira (21.10), com a prisão em flagrante de três pessoas e recuperação de parte dos objetos subtraídos.

Os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação, posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa armada.

A ação, realizada pelos policiais civis da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) e Delegacia de Poconé, integra a Operação Vitae, deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) de combate a atuação de organizações criminosas na região panteira do estado.

As equipes policiais estavam em diligências para apurar um roubo majorado ocorrido na fazenda no dia 16 de outubro, ocasião em que três criminosas armados invadiram a propriedade, renderam funcionários, que foram amarrados e ameaçados para dizer onde estavam objetos de valor e armas da propriedade.

No roubo, os suspeitos subtraíram diversos objetos como telefones celulares, bebidas alcoólicas e armas antigas.

Logo após a comunicação do crime e com base nas informações passadas pelas vítimas, as equipes da Polícia Civil iniciaram as diligências, realizando entrevistas com pessoas, consulta em banco de dados e, ligando as informações.

Na quinta-feira (21), os policiais receberam denúncia sobre o local, onde estariam as armas e bebidas subtraídas. Na residência no bairro Jardim dos Estados, os policiais realizaram a abordagem de dois suspeitos. Em buscas no local, foi apreendida uma pistola, calibre 22 e uma balança de precisão utilizada para o tráfico de drogas.

Questionado, o suspeito levou os policiais até a casa de um comparsa, estavam escondidas as garrafas de bebidas subtraídas no roubo. Diante das evidências, os três suspeitos foram conduzidos à Delegacia de Poconé, onde após serem interrogados pelo delegado Maurício Pereira Maciel, foram autuados em flagrante pelos crimes de receptação, posse ilegal de arma de fogo e associação criminosa armada.

“Com a prisão dos suspeitos, as investigações continuam para descobrir novos elementos de crime que possam levar a identificação de outros envolvidos e desarticulação do grupo criminoso”, disse o delegado.

Segundo o delegado da GCCO, Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, está ocorrendo uma cobrança muito grande para combate de atuação de organizações criminosas na região de Poconé e por isso, foi organizada uma força-tarefa pela Sesp na região. “Essa ação tranquiliza a população e mostra que o trabalho realizado pelas forças de segurança na região estão dando resultados”, destacou.

 

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia