Notícias

DERF VÁRZEA GRANDE

Preso em flagrante por roubo contra promotoras de vendas, suspeito cometeu seis crimes em três dias

22/09/2021 - 07:32
Suspeito roubou duas promotoras de vendas e quatro estabelecimentos comerciais entre sábado e segunda-feira

Assessoria/Polícia Civil-MT

Policiais da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf) prenderam em flagrante na tarde desta terça-feira (21) D.S.P, de 20 anos, por roubo tentado e consumado, em continuidade delitiva. O suspeito vinha aterrorizando o comércio de Várzea Grande com a prática dos crimes.

Após diligências, os investigadores conseguiram localizar o suspeito do roubo cometido contra duas promotoras de vendas da Amtu. Na tarde de segunda-feira, ele abordou uma promotora de venda que estava em seu posto de trabalho, um ponto de ônibus em frente a uma agência da Caixa Econômica Federal, na Avenida Filinto Muller, no centro de Várzea Grande.

Ele colocou a mão na cintura, demonstrando estar armado, e anunciou o roubo ordenando que a vítima entregasse o dinheiro da venda de cartões telefônicos. Temendo por sua vida, em uma reação desesperada a vítima saiu correndo e pediu socorro em uma lanchonete próxima, impedindo que o roubo se consumasse.

Não se contentando em não ter consumado o roubo, o suspeito foi até outro ponto de ônibus, na mesma avenida, e rendeu outra promotora de venda, da mesma forma anterior. Ameaçando a vítima, ele ordenou que ela entregasse o dinheiro e fugiu levando R$ 396,55 da venda de cartões de transporte coletivo.

Outros roubos

De acordo com as investigações da Derf de Várzea Grande, o suspeito é reincidente na prática de roubos. Somente no último sábado, 18 de setembro, ele praticou quatro roubos, sendo três contra postos de combustíveis localizados nas Avenidas Alzira Santana, Júlio Campos e Filinto Muller utilizando o mesmo modus operandis. Ele chegava aos locais, colocava a mão na cintura demonstrando estar armado e rendia os operadores de caixa ordenando que entregassem o dinheiro.

Além dos três postos de combustíveis, no sábado ele roubou uma farmácia na Avenida Ari Leite de Campos, no Jardim Itororó, quando também rendeu o caixa do estabelecimento e mandou que entregasse o dinheiro.

Na Delegacia, ele relatou que recebeu no ano passado cinco parcelas do auxílio emergencial e atualmente está desempregado. Afirmou ser usuário de maconha e cocaína e, ao ser indagado o que fez com os valores levados nos seis roubos praticados, disse que entre sábado e terça-feira gastou o dinheiro com bebida, mulheres e droga.


 

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia