Notícias

DELEGACIA DE ENTORPECENTES

Mulher com passagens por tráfico é presa com cerca de 100 pedras de pasta base de cocaína

17/08/2021 - 09:27

Assessoria/Polícia Civil-MT

Uma mulher investigada pela Polícia Civil por envolvimento com o tráfico de drogas teve o mandado de prisão cumprido pela equipe da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) na tarde de segunda-feira (16.08), no bairro Nova Esperança, em Cuiabá).

A suspeita, com passagens anteriores por tráfico e que havia rompido a tornozeleira eletrônica foi flagrada com mais de 100 pedras de pasta base de cocaína, demonstrando que continuava atuando com o comércio de entorpecentes. Além de ter o mandado de prisão cumprido ela também foi autuada em flagrante por tráfico de drogas.

No dia 24 junho, a equipe da DRE cumpriu um mandado de busca e apreensão domiciliar expedido pela Nona Vara Criminal contra a suspeita, ocasião em que foram apreendidas drogas no guarda-roupas da investigada, porém ela não foi localizada na residência. Na ocasião, suspeita que era monitorada por tornozeleira eletrônica, rompeu o dispositivo para não ser localizada pela polícia.

Diante do fato, foi representado pela prisão preventiva da traficante que foi deferida pela Justiça, sendo realizada diligências na segunda-feira (16) para cumprimento da ordem judicial na residência no bairro Nova Esperança II, em Cuiabá. No local, os policiais visualizaram a investigada na área da frente da casa, ocasião em que ao perceber a presença da equipe, ela tentou esconder alguma coisa que estava em sua bermuda.

Durante a revista pessoal, foi encontrado com a traficante um frasco com mais de cem pedras pequenas de pasta base de cocaína, além de R$ 250, que estava no bolso de trás da bermuda da suspeita. Diante das evidências, todo material ilícito foi apreendido e a suspeita foi conduzida à DRE, onde após ser interrogada foi autuada em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, além de serem tomadas as providências de praxe para cumprimento do mandado.

Segundo o delegado da DRE, André Rigonato, mais uma vez ficou comprovado o envolvimento da investigada com o tráfico de drogas. “Diante de toda situação encontrada, conclui-se que a suspeita desenvolve o comércio de drogas no quintal de sua residência, fato novamente presenciado pela equipe que novamente confirmou a mercancia no local”, disse o delegado.

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia