Notícias

INVESTIGAÇÃO

Polícia Civil prende integrantes de organização criminosa e apreende R$ 5,8 mil em Nova Xavantina

23/07/2021 - 16:51

Assessoria | Polícia Civil-MT

Quatro homens e uma mulher, integrantes de uma associação criminosa instalada em Nova Xavantina (645 km a leste de Cuiabá) foram presos pela Polícia Civil, na quinta-feira (22.07), durante investigação de furto. O trabalho investigativo resultou na apreensão de R$ 5,8 mil em dinheiro, oriundo de ações ilícitas, além da recuperação do aparelho celular, modelo S20, furtado.

Os suspeitos foram autuados em flagrante pelos crimes de organização criminosa, sendo que um deles também responderá receptação.

A vítima procurou a Delegacia de Polícia de Nova Xavantina, relatando que sua residência foi furtada durante a madrugada de quinta-feira, e do local foram subtraídos dinheiro e um celular modelo S20.

Durante as diligências para apurar o crime, os policiais civis conseguiram identificar o autor do furto, que já havia trocado o celular da vítima em um ponto de venda de drogas no bairro Tonetto.

Diante dos fatos, os policiais foram até a boca de fumo, e ao chegar no local, o primeiro suspeito foi localizado com a quantia de R$ 1,2 mil. Em seguida, o segundo envolvido, um mototaxista responsável pelo recolhimento dos valores a mando dos líderes da organização criminosa, foi abordado pelos investigadores.

Em poder do mototaxista, foi localizado quase R$ 3 mil de origem duvidosa, que ele não conseguiu provar a origem do valor. Diante das evidências o suspeito foi preso por integrar organização criminosa e contribuir para o tráfico de drogas.

O celular furtado da vítima foi localizado em um segundo endereço no bairro Henry, local onde o terceiro suspeito foi preso pelo crime de receptação. Na sequência, após informação do destino do dinheiro apreendido com o mototaxista, os policiais civis se deslocaram até outra residência de um casal, que também foi preso com mais de R$ 1,6 mil, de origem duvidosa.

Diante dos fatos os quatro suspeitos e a mulher foram conduzidos para Delegacia de Polícia de Nova Xavantina onde foram interrogados pelo delegado Gutemberg de Lucena Almeida, e autuados em flagrante por organização criminosa.

Após a confecção dos autos os presos foram apresentados e colocados à disposição da Justiça.



 

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia