Notícias

DERF CUIABÁ

Polícia Civil esclarece roubo em residência do bairro Boa Esperança, na Capital

26/12/2019 - 15:04

Assessoria | PJC-MT

Mais uma ocorrência de roubo à residência com restrição de liberdade das vítimas foi esclarecida pela Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá. O trabalho de investigação contou com apoio do Núcleo de Inteligência da unidade e chegou à autoria do crime.

Um dos autores do assalto, R.B.R.R. de 27 anos, foi preso e responderá pelo crime de roubo. Já o segundo suspeito, de 20 anos, ainda não localizado e será indiciado por receptação e roubo.

As diligências iniciaram após o assalto ocorrido na sexta-feira (20.12), em uma residência no bairro Boa Esperança, na Capital. A equipe operacional de plantão da Derf de Cuiabá foi acionada pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP), para atender o local de crime.

No período da manhã, quando os moradores saíam da casa, foram rendidos por dois homens armados. Anunciando o roubo, os moradores foram obrigados a retornar para dentro do imóvel, onde foram amarrados e trancados no banheiro, enquanto os criminosos roubavam os objetos da casa.

Durante investigação do crime, uma das vítimas repassou as características físicas dos suspeitos, sendo possível apurar a qualificação dos dois participantes do roubo, reconhecidos por meio de arquivo fotográfico. Com as informações levantadas, os suspeitos passaram a ser procurados.

O primeiro, R.B.R.R. de 27 anos, foi detido em um bar no Jardim Novo Horizonte, nas proximidades da estrada do Capão, em Várzea Grande. Ele foi levado para a Derf Cuiabá e autuado em flagrante delito.

Em continuidade às investigações, os policiais civis conseguiram chegar ao endereço do segundo suspeito de 20 anos. Na casa, os investigadores apreenderam um aparelho celular com registro de roubo ocorrido em setembro deste ano, em um quiosque da marca Samsung no Shopping Estação, em Cuiabá. Na ocasião, o rapaz não foi encontrado. 

As diligências continuam para localização do segundo investigado.

 

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia