Notícias

CAMPO VERDE

Polícia Civil e sociedade organizada lançam obra de nova delegacia

27/02/2020 - 11:00

Raquel Teixeira/PJC-MT

A obra da nova delegacia de Campo Verde (131 ao sul de Cuiabá) lançada na segunda-feira (24.02) reuniu instituições parceiras e sociedade civil organizada em torno de um projeto que beneficiará todo o município. Em uma área de três mil metros quadrados doada ao Estado pela prefeitura municipal, o projeto elaborado pela Gerência de Obras, da Diretoria de Execução Estratégica da Polícia Civil, prevê um prédio com 719 m2 e estrutura necessária para atendimento da nova delegacia, com conforto para o trabalho de policiais e o atendimento à população.

Nesta semana, o Conselho Municipal de Segurança Pública (Consep) e a Comissão Pró-Construção da Delegacia, promoveram um baile de carnaval, cuja arrecadação será destinada ao novo prédio da Polícia Civil. O presidente do Conseg, Mansur Salah Ayoub, conta que o pontapé para que a nova delegacia começasse a se tornar uma realidade partiu da iniciativa do delegado Joaquim Leitão júnior e equipe local, que buscou junto ao judiciário uma alternativa para que o espaço atual pudesse ser melhorado, com uma reforma. Foi criada uma comissão para fazer a reforma, com auxílio de empresário e produtores da região, que chegou então à conclusão de que com o valor orçado para a reforma daria para construir um novo prédio. Com a definição do novo projeto, de construir uma nova delegacia, com uma estrutura mais adequada teve início a movimentação de diversos setores da sociedade, com apoio da prefeitura que doou a nova área.

“Foi feito o primeiro Grito de Carnaval no ano passado, que deu muito certo, e para este ano a dona Izilda propôs o evento novamente. Agora, após o período chuvoso, daremos início à fundação no terreno. Todos abraçaram a ideia – Judiciário, população, agricultores – e a obra não será apenas para melhorar as condições de trabalho dos policiais, mas também para atender a população, tendo uma estrutura adequada por muitos anos”, afirmou o presidente do Consep, que é investigador da Polícia Civil.

Presidente da Comissão Pró-construção, Izilda Alves Fernandes, encampou a ideia do projeto desde o início e destaca que o envolvimento de todos os segmentos sociais é fundamental para a segurança pública. “É sabido que uma sociedade se desenvolve gerando novos empregos e estes, por sua vez, ocorrem com a vinda de investimentos. Mas para que isso ocorra, a cidade deve contar com uma estabilidade política, social e econômica. A violência afasta, gradativamente, esta estabilidade. Nossos munícipes têm demonstrado que entendem essa conexão e, portanto não medem esforços para o crescimento e melhoramento das forças policiais. A construção de uma Delegacia Nova trará melhores condições de trabalho aos agentes do Estado, como também um conforto e pronto atendimento nos serviços colocados à disposição da sociedade.

A representante da Comissão que trabalha pela construção da nova delegacia pontua também o apoio de produtores rurais do município nos eventos promovidos para angariar os recursos necessários à obra. “A sociedade campo-verdense tem dado um show, sempre contribuindo e apoiando as ações sociais, recebendo de volta serviços de ótima qualidade na busca por fazer com que a paz e tranquilidade sejam a regra, ficando a violência ou transgressão apenas como uma exceção”, observou Izilda.

O delegado-geral da PJC, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, parabeniza o engajamento da sociedade de Campo Verde, que desde o início abraçou o projeto e mostrou com ações concretas a parceria com o Estado. “A sociedade campo-verdense está, mais uma vez, trabalhando de forma coerente e promovendo condições para que a Polícia Civil tenha mais qualidade em seu trabalho e oferte um produto muito melhor ao Judiciário, Ministério Público e à população”, destacou, acrescentando que a instituição está aprimorando sua atuação, com nova tecnologia, e desta forma a cidade terá um espaço adequado para atender as necessidades, tanto dos servidores, quanto da população.

“E o engajamento da sociedade vai ao encontro do que a gestão tem buscado, ou seja, parcerias com outros órgãos, instituições e representantes da população visando solução conjunta a como a modernização da delegacia de Campo Verde”, afirmou.

A juíza de Campo Verde, Caroline Schneider Guanaes Simões, reforça que o lançamento da obra da delegacia representa o trabalho conjunto ao longo de um ano e meio conjunto de diversas instituições. “Será um grande passo para a reestruturação da PJC em nosso município. Quero agradecer toda a população pela participação nos dois bailes de Carnaval promovidos, comissão, diretoria geral da Polícia Civil e também à dona Izilda, presidente da comissão, por todo empenho”.

Diretor de Interior da Polícia Civil, o delegado Walfrido Nascimento agradece o trabalho da sociedade que se dispôs a auxiliar o Estado na reestruturação física da instituição. “A gratidão da Polícia Civil é imensurável pois todos se dispuseram a auxiliar, a doar seu tempo em prol do trabalho de mobilizar a sociedade, de organizar eventos que tenham como destinação a obra da delegacia”, destaca o diretor.

O novo delegado regional de Primavera do Leste, Carlos Roberto Moreira, enfatiza a ação desenvolvida em Campo Verde como um movimento único na administração pública. "Estou muito grato por ver a sociedade se mobilizar de forma tão atuante. Fico feliz não apenas como servidor público, mas como cidadão, pois esta não é uma ação que fica apenas na mão do Estado, mas está compartilhada com os segmentos sociais para juntos chegar a um ambiente salutar para atender a todos". 

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia