Notícias

POLÍCIA JUDICIÁRIA CIVIL

Derf identifica trio responsável por vários roubos a residência na Capital

18/10/2017 - 13:29

Assessoria|PJC-MT

Três jovens apontados como autores de sucessivos roubos à residência com restrição de liberdade das vítimas foram identificados pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), da Polícia Judiciária Civil, na terça-feira (17.10). Duas armas de fogo municiadas, sendo uma de numeração raspada, foram apreendidas em poder dos criminosos.

Os suspeitos Daniel Gomes Paula de Arruda, 19, Christhian de Souza Beato, 20, e Natan Alves Camargo da Silva, 25, foram detidos pela Polícia Militar quando praticavam um roubo numa residência no bairro Jardim Flamboyant, em Cuiabá.

Na ocasião, os envolvidos mediante emprego das armas de fogo e restrição de liberdade dos moradores, subtraíram os objetos da casa, porém acabaram surpreendidos pelos policiais militares. Eles foram conduzidos para Central de Flagrantes, momento em que a equipe da Derf foi acionada. Na delegacia, os três foram prontamente reconhecidos pelas vítimas.

Em checagem, foi constatado que uma das armas usadas, um revólver calibre 38, é produto de roubo/furto de um policial militar. No decorrer da lavratura do flagrante e das oitivas dos presos, os policiais civis da Derf lograram êxito em elucidar outros três roubos investigados pela Unidade e que foram praticados pelos jovens. 

Segundo os levantamentos, o trio sempre agindo om os mesmos modus operandi, na madrugada do dia 01 de outubro, assaltou uma residência no bairro Santa Rosa. Em outra situação, no dia 23 de setembro, por volta das 19 horas, eles cometerem um roubo numa residência no bairro Village Flamboyant, onde um casal de idosos foi rendido pelos criminosos.

Já na noite de 25 de julho, o alvo foi uma casa no bairro Jardim Primavera. Na ocasião, uma das vítimas de 66 anos, relatou a agressividade dos suspeitos e, que um deles ameaçou seu esposo com uma faca encostada no pescoço. Nas três ações criminosas, os conduzidos foram reconhecidos pelas vítimas, que prontamente compareceram na delegacia para colaborar com as investigações. 

Ainda em diligência, os investigadores identificaram o policial militar, proprietário de uma das armas de fogo apreendidas, o qual confirmou ter sido vítima de roubo no dia 13 de julho, quando a sua residência, no bairro Grande Terceiro, foi invadida e sua família rendida. Do imóvel, foram levados diversos objetos de valores, além do seu revólver calibre 38.

De acordo com o delegado, Caio Fernando Alvares de Albuquerque, durante interrogatórios os três jovens assumiram apenas o crime, o qual foram autuados em flagrante delito por roubo circunstanciado pelo emprego de armas de fogo, em concurso de pessoas e mediante restrição da liberdade, associação criminosa e receptação.

“Além disso, o grupo será responsabilizado nos outros três inquéritos policiais, relativos aos anteriores roubos às residências, não se descartando outros possíveis crimes que ainda podem serem descobertos”, destacou o delegado.

A PJC também está no Facebook, Flickr e Instagram. Siga-nos!

Assessoria de Comunicação Social
www.pjc.mt.gov.br
asscom@pjc.mt.gov.br
(65) 3613-5673

Compartilhe essa notícia