Pular para o conteúdo
Voltar

Polícia Civil prende em flagrante mandante de três homicídios ocorridos em Rondonópolis

Em poucas horas, a equipe da DHPP identificou o mandante, que está na Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa e ordenou de dentro da unidade prisional os crimes
Raquel Teixeira | Polícia Civil-MT

Christiano Antonnucci/Secom-MT
A | A

A Polícia Civil identificou o mandante de três homicídios ocorridos entre a noite de quarta-feira e a madrugada deste quinta-feira (01.12), em Rondonópolis. Duas pessoas foram assassinadas e uma sofreu uma tentativa de homicídio. 

As investigações conduzidas pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa apontaram que E.S.B., de 27 anos, preso na Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa, ordenou de dentro da unidade prisional os crimes cometidos contra sua companheira, Bruna Andriele de Souza e outras duas pessoas. 

Conforme a apuração, ele teria descoberto que a companheira teve um relacionamento extraconjugal com as outras vítimas e, por não aceitar a suposta traição, ordenou os assassinatos. 

O mandante foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, por duas vezes, um homicídio tentado qualificado e associação criminosa. Em relação à mulher, ele responderá pelo homicídio com a qualificadora de feminicídio. 

O criminoso está preso na penitenciária de Rondonópolis pelos crimes de tráfico de drogas e roubo. 

A investigação da DHPP de Rondonópolis prossegue para chegar aos executores dos homicídios. 

Crimes 

Bruna Andriele, de 24 anos, foi encontrada em sua residência, no Residencial São José, na noite de quarta-feira, atingida com disparo de arma de fogo na cabeça. Ela foi socorrida ainda com vida pelo Serviço de Atendimento de Urgência (Samu) ao Hospital Regional, mas foi a óbito. 

Conforme as informações coletadas no local, um homem vestido com blusa de frio e usando capacete arrombou a porta da casa e depois de identificar a vítima, fez o disparo. 

O outro homicídio foi registrado no Jardim Iguaçú. Marcos Gabriel Alves de Carvalho, de 27 anos, jogava bola em uma quadra do bairro, quando foi surpreendido por um homem alto, magro, usando blusa de frio com manga e touca, que iniciou os disparos. A vítima ainda tentou fugir, mas só conseguiu correr alguns metros e logo depois caiu.

O terceiro crime, uma tentativa de homicídio, ocorreu no Jardim Serra Dourada 2, onde a vítima, de 29 anos, foi atingida com disparos de arma de fogo e socorrida por familiares. Na residência, os policiais recolheram cápsulas de calibre 9 mm.

Conforme informações coletadas pela equipe de investigação, dois suspeitos invadiram a casa procurando pela vítima e fizeram os disparos. O rapaz conseguiu fugir e abrigar-se em seu quarto, sendo socorrida posteriormente.