Pular para o conteúdo
Voltar

Adolescente é apreendido por ato infracional análogo ao crime de estupro de vulnerável

A ação foi realizada pela Derf de Cuiabá em conjunto com a Delegacia do Adolescente de Várzea Grande
Assessoria | Polícia Civil-MT

A | A

Um adolescente, autor de estupro de vulnerável ocorrido em Várzea Grande, foi apreendio pela Polícia Civil, na segunda-feira (21.11), durante ação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Cuiabá e da Delegacia Especializada do Adolescente (Dea) de Várzea Grande.

O menor de 16 anos foi autuado em flagrante por ato infracional análogo aos crimes de estupro de vulnerável e ameaça no âmbito da violência doméstica e familiar, após ser localizado pelos policiais civis no bairro Parque do Lago.

As diligências inciaram após a Derf de Cuiabá ser acionada sobre uma adolescente, residente em Cuiabá, que conheceu um adolescente em uma rede social. Com a amizade, a garota resolveu ir à casa do adolescente em Várzea Grande, onde ficou por três dias e foi abusada sexualmente e ameaçada.

Conforme informações, o adolescente tirou fotos íntimas da vítima e ameaçou divulgar o conteúdo na internet, além de possuir uma arma de fogo que era postada na rede social.

Durante atendimento e acompanhada de sua mãe, a vítima de 13 anos foi acolhida e ouvida em depoimento especial pela equipe da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Em seguida, a Delegacia do Adolescente foi solicitada para dar apoio nas diligências. No endereço do adolescente, ele foi entrevistado e os policiais localizaram na casa um simulacro de arma de fogo, tipo pistola. No local havia uma pichação no muro, com o símbolo de uma facção criminosa.

O menor foi conduzido à DEA de Várzea Grande, ouvido e autuado em flagrante por ato infracional análogo aos crimes de estupro de vulnerável e ameça no âmbito da violência doméstica e familiar.