Pular para o conteúdo
Voltar

Com ajuda da Polícia Civil, irmãos se reencontram depois de 53 anos separados

Seu Espedito mora em Canarana, onde fixou residência depois de sair de Minas Gerais e contou com ajuda dos policiais da delegacia para reencontrar seu irmão, que mora em Alta Floresta
Assessoria | Polícia Civil-MT

PJC-MT
A | A

Um reencontro de dois irmãos, depois de mais de cinco décadas sem notícias um do outro, foi proporcionado pela Polícia Civil, em Canarana, na região leste do estado, depois de uma investigação e buscas por informações. Com o trabalho realizado pela equipe da Delegacia do município, um morador da cidade pôde finalmente, depois de 53 anos, conversar com seu irmão mais velho. O reencontro, mesmo virtual, trouxe alegria a todos os familiares e os irmãos combinaram se encontrar no início do próximo ano.

Há duas semanas, o senhor Espedito Fernandes Pereira de 69 anos, como de costume diário, foi à Delegacia de Canarana para tomar um café com os servidores, pois é amigo de longa data dos policiais. Durante a conversa, ele resolveu confidenciá-los que tinha vindo do estado das Minas Gerais para Mato Grosso para encontrar seu pai, porém, nunca o localizou. Ele se instalou em Canarana, casou, teve seus filhos e perdeu o contato com seus familiares.

Diante das informações, os policiais civis da unidade realizaram diligências e buscas em banco de dados para tentar localizar os parentes de seu Espedito. E a surpresa foi quando os investigadores conseguiram localizar um irmão de Espedito, que também residia em Mato Grosso.

A equipe continuou as buscas pelo irmão, cujas informações apontavam que ele residia no norte do estado, porém, todos os telefones vinculados estavam desatualizados. Mas os policiais não desistiram e depois de entrar em contato com a Delegacia de Alta Floresta, a equipe de Canarana solicitou apoio para localizar o irmão de seu Espedito naquele município. Poucos minutos após o pedido de apoio, chegou a informação positiva da localização conforme endereço repassado à equipe de Alta Floresta. Finalmente, a equipe da Delegacia de Canarana ia dar uma boa notícia ao idoso.

No dia 04 de novembro, os investigadores levaram seu Espedito à delegacia, mas sem dizer o que o aguardava. Depois, eles realizaram uma chamada de vídeo pelo WhatsApp e finalmente os irmãos se viram, depois de uma longa espera e 53 anos de afastamento.

O delegado Deuel Paixão de Santana colocou os dois irmãos para conversarem pela chamada de vídeo e depois de matar um pouco da saudade de tantos anos, já prometeram se encontrar em Alta Floresta, em janeiro do próximo ano. O irmão do senhor Espedito tem 82 anos.

Depois da conversa entre os dois irmãos na delegacia, eles mantiveram o contato por Whatsapp, o que também possibilitou que seu Espedito reencontrasse o restante de seus irmãos, que residem em Minas Gerais. Inclusive, estão marcando uma visita presencial para janeiro, em Minas Gerais e, enfim, se reencontrarem pessoalmente.