Pular para o conteúdo
Voltar

Animal vítima de maus tratos é resgatado e mulher detida em flagrante pela Polícia Civil

Assessoria | Polícia Civil-MT

PCMT
A | A

A Delegacia da Polícia Civil de Alta Floresta prendeu na tarde de segunda-feira (23) uma moradora do bairro São José Operário pelo crime de maus tratos a animais.

Após denúncia, a equipe de investigação deslocou ao local, uma chácara e constatou a situação de maus tratos. O cachorro foi capturado e entregue a uma clínica veterinária sob responsabilidade da Associação Amamos Animais da cidade de Alta Floresta. O animal estava amarrado a uma cerca, sem comida e água, em estado de aparente desnutrição.

A mulher de 33 anos foi conduzida à delegacia e autuada em flagrante.

O crime de maus tratos está previsto no artigo 32, da Lei Federal n° 9.605/98. Contudo, a lei 14.064/2020 aumentou a pena para quem maltratar cães e gatos, com punição de 2 a 5 anos de reclusão, multa e proibição da guarda. Caso o crime resulte na morte do animal, a pena pode ser aumentada em até 1/3.