Pular para o conteúdo
Voltar

Trio que planejava roubo a joalheria é preso em flagrante por porte ilegal de arma e associação criminosa

Um deles era fugitivo da Penitenciária Central do estado e estava com dois mandados de prisão em aberto
Raquel Teixeira | Polícia Civil-MT

A | A

Três homens foram presos em flagrante na terça-feira (03.05) pela equipe da Delegacia de Roubos e Furtos de Cuiabá (Derf) por porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa. Eles declararam que iriam roubar uma joalheria do centro da Capital. 

Contra um deles, de 26 anos e fugitivo da Penitenciária Central do Estado, havia dois mandados de prisão em aberto expedidos pelas Comarcas de Cuiabá e de Tangará da Serra. 

Os três foram flagrados por uma equipe policial da Derf, em um veículo Gol e uma motocicleta, em uma via pública do bairro Jardim Cuiabá. Os investigadores avistaram o momento em que os dois que estavam no Gol pararam ao lado da motocicleta e comunicaram entre si. 

Diante da suspeita, os policiais realizaram a abordagem e localizaram com o suspeito de 26 anos um revólver calibre 38, com três munições intactas. Em entrevista, ele relatou aos investigadores que a arma pertencia ao dono do veículo e iriam praticar um roubo, junto com o condutor da motocicleta, a uma joalheira no centro da cidade. 

O suspeito de 32 anos, que conduzia a moto, confirmou a participação na ação criminosa e declarou que foi cooptado pelo suspeito que estava com a arma e utilizaria sua motocicleta para a facilitação da fuga no roubo. 

Os três foram conduzidos para a Derf de Cuiabá e em checagem foram constatados contra um deles os mandados de prisão expedidos pela 2ª Vara Criminal da Capital e 2ª Vara Criminal de Tangará da Serra. 

O delegado Luiz Felipe Leoni autuou o trio por associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo. Os suspeitos foram encaminhados para audiência de custódia da Justiça.